Jornal Of Montreal, entrevistou M Shadows.

O Jornal Of Montreal, entrevistou recentemente M Shadows, e abordaram assuntos como o festival Heavy MTL (que acontece hoje a noite), o motivo pelo qual o Avenged Sevenfold não vem tocando músicas novas em seus shows, sobre a vida de volta a estrada em turnê, e sobre as comparações que a banda vem sofrendo com Iron Maiden e Metallica nessa nova fase…

Podemos esperar ouvir músicas novas no Heavy MTL?
MS: Não, não realmente. Nós preferimos esperar um pouco mais antes de apresentar nossas novas músicas, simplesmente porque os fãs não tiveram a oportunidade de ouvir o novo álbum. Além disso, não queremos vídeos de nossos novo trabalhos circulando no YouTube. Trabalhamos com essas músicas por um ano, por isso queremos que as pessoas descubram elas nas melhores condições possíveis. No entanto, vamos apresentar o nosso primeiro single ‘Hail To The King “. Nós também tocaremos ‘Carry On’, uma música que fez para o jogo Call Of Duty: Black Ops II.

Seu último álbum, Nightmare, foi lançado em 2010. Você deve estar ansioso para apresentar suas novas músicas para seus fãs.
MS: Nós estamos especialmente ansiosos para apresentá-los no palco com a nova produção.Vamos embarcar nesta nova turnê no lançamento do álbum.

Vocês ficam muito tempo na estrada. Como você tem se adaptado a esse estilo de vida?
MS: Nós viajamos muito nos últimos anos, é verdade, mas também fomos capazes de tirar um ano de folga para trabalhar no álbum. Para nós, esta vida na estrada é uma moleza. Devo dizer que todos nós somos bons amigos. Nós nunca sentimos que é um trabalho. Nós realmente aproveitamos o tempo livre que temos para se divertir. Vamos sair para comer, jogar em cassinos … Não é ruim, eu lhe garanto.

Quando você começou a criar seu novo álbum?
MS: Nós começamos a escrever em setembro. […] Quando sentimos que estávamos prontos, fomos para o estúdio. Gravamos o álbum em sete semanas. Sabíamos exatamente onde estávamos indo.

Como foi no caso em Nightmare, você escolheu trabalhar com Mike Elizondo.
MS: Ele é um dos melhores músicos que eu tive a oportunidade de conhecer na minha vida. Ele também é um grande compositor. Eu o respeito muito. Ele era capaz de fazer conexões para que pudéssemos obter exatamente o que queríamos. Ele tem a nossa confiança.

Desde o lançamento de seu primeiro single, Hail To The King, houveram comentários em redes sociais dizendo que vocês soam como uma mistura de Iron Maiden e Metallica. O que você acha sobre as comparações?
MS: Nossos fãs têm crescido com vários estilos de música, de modo que nem sempre tem as mesmas referências. Posso dizer que estamos muito satisfeitos por sermos comparados a bandas como Iron Maiden e Metallica. Não é ruim. Todos os grupos são comparados em um momento ou outro, mesmo Metallica e os Rolling Stones estiveram lá. O que importa em última análise, é a música e longividade.

Musicalmente, o que você espera alcançar com este álbum?
MS: Este álbum é sobre poder e groove. Alguns dos nossos álbuns são mais eclético, enquanto outros são mais agressivos. O objetivo com isso era  trazer os ritmos e riffs e desenvolver em torno deles. “Simples” não é uma palavra que nossos fãs gostam de ouvir, mas eu diria que é foda.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s