Johnny Christ e Synyster Gates, falaram sobre o desenvolvimento do disco “Hail To The King”

Em entrevista para nova edição da Rock Sound, onde a banda se tornou capa e matéria especial recentemente, os 4 integrantes falam sobre diversos assuntos, entre eles sobre o ex-baterista The Rev e o novo Arin Ilejay (agora oficializado como membro da banda) carreira, novo álbum e mais. Segue abaixo, um pequeno trecho da matéria e entrevista, onde Synyster Gates e Johnny Christ falam sobre o processo e desenvolvimento do novo álbum, “Hail To The King”.

Rock Sound : “A banda tem muito pouco com o que se preocupar em termos de ganhar a vida saudável por um bom tempo. Um caso muito mais direto do que qualquer um dos cinco álbuns que lançaram, quem vê a política de um único riff referido sendo rasgado e tocado em praticamente todas as músicas, resultando no mais sólido e instantâneo álbum digerível que já produziram.
Para uma banda que fez seu nome como um dos mais tecnicamente proficientes e progressivos do metal moderno, como uma mudança de direção será visto por alguns como um risco, mas “Hail To The King” pode muito bem trazer o Avenged de volta as casas de shows e estádios, transformando eles em manchete do festival de uma forma vista pela última vez quando Slipknot fez almentar alguns verões atrás.
“Nós não estamos escrevendo para um certo tipo de pessoa ou tentando se encaixar em um determinado gênero como, talvez, eramos antes”, reflete Johnny.
“Não é como nós gastamos o nosso tempo dentro de uma sala em praticamente dizer ‘que não está bom o suficiente, cara ‘, ou’ Há espaço para outra mudança fundamental nessa música? ‘ Estamos mais propensos a ficar lá e perguntar: “Isso é bom ou é suficiente? Este é o melhor riff que podemos fazer? ‘ Essa é a nossa prioridade.
“Nós sabemos que ainda vai ser tocar música para o direito de estar em nossos 50 anos”, continua o Brian “, mas, não podemos nos permitir pensar muito profundamente sobre em que nível estamos fazendo. Todos nós sabemos que nós vamos continuar evoluindo. Eu não posso dizer o quanto vamos progredir estou certo de que nós nunca vamos regredir em termos do nível que estamos. Tudo sobre essa banda é voltado para o maiores palcos do mundo e eu não acho que há qualquer coisa neste ponto que pode ficar no nosso caminho ”
Falou, como se costuma dizer, como um rei.”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s