M. Shadows foi entrevistado pela Game Informer

shad

Em sua passagem pela Electronic Entertainment Expo 2015 (confira fotos), que aconteceu na última terça (16) em Los Angeles, M. Shadows foi entrevistado por Brian Shea, editor da Game Informer, para falar um pouco sobre o envolvimento da banda com o mais novo Guitar Hero Live, fornecendo três faixas ao vivo de forma exclusiva como conteúdo especial para o jogo:

 M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold, reconhece a história da banda com a série e disse que a banda queria fazer algo diferente para Guitar Hero Live. “Estamos oferecendo aos fãs um conteúdo exclusivo, se comprarem o jogo na pré-venda”, nos disse ele. “A ideia do jogo é desde a perspectiva do artista perante a um público… o que estamos fazendo com o nosso conteúdo exclusivo é deixar você ver o público do Avenged Sevenfold no Download Festival ou Cidade do México – estamos ainda trabalhando nos detalhes – e ver como um de nós se sente no palco tocando três faixas ao vivo que você não pode conseguir em nenhum outro lugar. Assim, em vez de lançar uma canção que todo mundo já ouviu falar, vão ser faixas exclusivas apenas para o Guitar Hero Live.”

 O Avenged Sevenfold providenciou músicas para a série Black Ops no passado, estabelecendo uma forte relação com a Activision. Embora não tenham determinado as músicas ao vivo que aparecerão no Guitar Hero Live, a banda está escolhendo atualmente de uma lista de sete músicas. “Vamos ter que descobrir quais vão ser as mais técnicas para os fãs – nós queremos colocar um bom material técnico – e quais vão se traduzir melhor no palco”, disse M. Shadows . “As pessoas da Activision são como parte da nossa família há muito tempo, então nós queríamos fazer algo especial para Guitar Hero só porque a Activision tem sido tão boa conosco e tentamos ser leais aos seus jogos.”

O vocalista nos disse que ter músicas da banda em jogos se provou inestimável ao longo dos anos. “A primeira coisa que fizemos foi – nós conhecemos Steve Schnur, que trabalhou na EA e ele estava montando as músicas para Madden antigamente”, disse ele. “Ele amou o nosso disco e nós fomos a [uma das]  primeira banda[s] a não ser de uma grande gravadora que teve música em um jogo. Nós costumávamos fazer shows no House of Blues e os seguranças vinham como, ‘Vocês fizeram essa música? Eu ouvi no Madden!’ Ao longo da totalidade da nossa banda, estivemos envolvidos em jogos de vídeo como Black Ops ou Guitar Hero ou Madden e há esta base de fãs que ouviram falar de nós estritamente através de jogos. Continuamos fazendo isso porque não somos apenas fãs de jogos, mas a base de fãs continua a crescendo por causa dos jogos.”

Ele também é otimista sobre o que o GHTV do Guitar Hero Live poderia significar para as bandas na esperança de promover a sua música. “O streaming significa que coisas novas vão ser colocados na frente das pessoas e agora a música não é tão importante para as pessoas hoje em dia, como costumava ser”, disse ele. “Quando eu estava crescendo, era realmente importante; Quando meu pai estava crescendo, era muito importante – música definida por gerações – e agora a música é apenas uma reflexão do momento. As pessoas estão fazendo muitas coisas diferentes, então, qualquer forma que possamos chegar a novas pessoas, e de alguma forma nós possamos fazer as pessoas se centrarem na música, é bom para nós. Ter um streaming filmando pessoas e você está competindo e tocando canções é realmente bom para pessoas como nós, porque nós precisamos de pessoas que se animem com o que fazemos.”

Enquanto o rótulo sempre tem a última palavra no que são as canções, M. Shadows disse que ele definitivamente tem suas preferências. “Muito disso é o que você recebe dos fãs old school que gostam de coisas mais antigas, mas você também está tentando introduzir os novos fãs em coisas antigas”, disse ele. “Você também está tentando ganhar novos fãs que nunca ouviram falar de você ou nunca lhe deram ouvidos. Para nós, tentamos colocar o nossa melhor impressão. Queremos canções que tem um apelo mais amplo para as pessoas que vão ouvir no rádio ou ouvir em um jogo de Hockey ou NBA, e eles só sabem o que é, eles não sabem quem é. Algo como ‘Nightmare’ ou algumas das grandes canções que tivemos trabalhando bem em videogames.”

Além da exposição, M. Shadows é apaixonado por este tema graças ao seu amor de longa data por jogos. “Tenho uma grande plataforma de jogos que eu trago em turnê”, nos disse o cantor. “Atualmente tenho internet que é só para mim em turnê e outras pessoas não podem assinar. Esse é a minha ‘síndrome de vocalista” quando todo mundo não pode ficar online, porque eu estou jogando Black Ops e outras coisas. Eu sou definitivamente um gamer – Eu joguei toda a minha vida eu tenho gabinete do Mortal Kombat e Street Fighter na minha garagem”.

 O game foi lançado no último fim de semana e está disponível para PS4, PS3, Xbox One, Xbox 360 e Wii U. Todos que adquirirem o jogo com antecedência (válido apenas para residentes no Reino Unido e países da América do Norte) terão acesso a uma experiência premium no modo online do jogo,  o Guitar Hero TV, que trará três canções ao vivo da banda em versão exclusiva.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s