M. Shadows foi entrevistado pelo The Sun

 

sim

M. Shadows foi entrevistado pelo jornal britânico The Sun, onde participou de um Q&A respondendo questões sobre o novo disco da banda, “The Stage”, que teve seu lançamento realizado no último mês. Shadows também respondeu questões como influências, seu álbum antecessor e o futuro do Avenged Sevenfold:

 Para os leigos, o que é o Avenged Sevenfold acerca de 2016?
 Bem, somos um monte de pais de 35 anos de idade ainda fazendo o que começamos no ensino médio. Alguns nos chamam de rock, alguns de heavy metal, mas para nós, isso é apenas música.

 Nos conte sobre o show de realidade virtual no mês passado e o novo álbum.
 Queríamos a atenção de todos. As pessoas são capazes de ver a realidade virtual aumentada ao vivo no facebook de qualquer lugar.
 É uma coisa legal para fazer no Oeste Selvagem da música em 2016.

  Como você se sentiu ao alcançar Nº1 em ambos os lados do Atlântico com seu último álbum Hail to the King?
  Foi bom, cara, mas sabe, os números são apenas números.
  Um disco em Nº1 é bom, mas em 2016 eles não significam tanto – a moeda mudou.

Quais bandas britânicas te influenciaram mais?
Iron Maiden, Ozzy, Rolling Stones, The Beatles … Quer dizer, vocês têm as melhores bandas, ah, e os Artic Monkeys.
 Eu estive ouvindo Paul MacCarney no Deset Trip Festival, com Bob Dylan, The Rolling Stones e Roger Wathers. Esse é o alicerce da boa composição – nós sempre teremos influência deles.

The Stage é seu primeiro álbum conceitual?
Sim, é muito conceitual. Muitas das canções tocam na ciência e na inteligência artificial, e também vai para a exploração espacial.
É por isso que nós tivemos o astrofísico Niel DeGrasse Tyson no final do disco (na canção Exist), falando sobre seres humanos e onde tudo isso está indo.

The Stage é uma saída massiva de Hail to the King. Por que?
  Nós colocamos em mente de fazer um disco que nós desejávamos fazer, e Hail to the King na época foi muito livre porque deixamos de fora o material que estávamos cansados de fazer – os duelos de guitarra e o material rápido – e simplesmente o desconstruímos. Mas rapidamente nos superamos e agora queríamos fazer algo diferente, então esse disco foi tão libertador, fazendo algumas coisas loucas.
 Queríamos que fosse um pouco mais “fora” daquilo. Mais difícil de ouvir no início mas então, se você o compreende, ele cresce em você. Então, não é nada como o Hail to the King.
 Mas embora o disco seja sobre inteligência artificial, a forma como gravamos foi a maneira mais humana que já gravamos alguma coisa.
 Sem sampling de bateria, sem ajuste vocal. Não é um “disco tecnológico” de inteligência artificial.

Qual é a música mais pessoal do álbum?
Fermi Paradox. Antes de estarmos olhando para os nossos telefones durante todo o dia nós estávamos olhando para cima, olhando para as estrelas para descobrir as coisas.
Então é mais introspectivo para mim – e eu acho que é um pouco ‘artístico’ no lado lírico, também.

 Criaram seu próprio jogo de videogame, fizeram participações especiais em Call of Duty e tocaram no primeiro show de realidade virtual do mundo, qual é o próximo?
Queremos mudar a maneira como as pessoas vêem shows ao vivo. Eu acho que Kanye West foi realmente inovador em seus shows, fazendo tudo sob o público – é sobre pensar fora da caixa.
 Estamos tentando fazer o que seja melhor para os fãs. Para a experiência.
 Nós não queremos sentar lá e dizer: “Bem, nós somos uma banda de heavy metal, não somos a Beyoncé, não temos 85 milhões de seguidores no twitter, então não podemos fazer isso”. É mais como Não! Nós podemos fazer isso! Podemos inovar, assim como aqueles artistas pop.

The Stage já está disponível para pré-venda, download e streaming em plataformas digitais e físicas do Brasil.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s